Home / Abrangência / A Cidade de São Roque
Cadastrado em 17/12/2017

A Cidade de São Roque

História dados clima informações da Cidade de São Roque

A Cidade de São Roque

São Roque é um município brasileiro do interior do estado de São Paulo, situado na Região Metropolitana de Sorocaba, na Mesorregião Macro Metropolitana Paulista e na Microrregião de Sorocaba.

Localiza-se à latitude 23º31'45" Sul e à longitude 47º08'07" Oeste, com altitude de 771 metros.

 

distribuídos em 308,35 km² de área.

População

População estimada [2017] 88.473 pessoas
População no último censo [2010] 78.821 pessoas
Densidade demográfica [2010] 256,82 hab/km²

São Roque é um dos 29 municípios paulistas considerados estâncias turísticas pelo Estado de São Paulo, por cumprirem determinados pré-requisitos definidos por Lei Estadual. Tal status garante a esses municípios uma verba maior por parte do Estado para a promoção do turismo regional. Também, o município adquire o direito de agregar junto a seu nome o título de Estância Turística, termo pelo qual passa a ser designado tanto pelo expediente municipal oficial quanto pelas referências estaduais.

O turismo “bate volta” é muito importante na cidade.

Pessoas de toda a região no raio aproximado de 100 km visitam a cidade semanalmente onde usufruem de belos passeios, restaurantes variados e dos vinhos, licores, destilados, alcachofra e doces produzidos na cidade.

Fundada na segunda metade do século XVII pelo bandeirante Pedro Vaz de Barros - mais conhecido como Vaz-Guaçu - a cidade surgiu de uma enorme fazenda e uma capela por ele erigida no local. A capela - então localizada onde hoje é a Praça da Matriz - foi levantada em devoção a São Roque.

A fazenda tinha por objeto o cultivo de vinhedos e de trigais, utilizando-se mão-de-obra indígena forcada e mais tarde, de escravizados negros. Pouco depois da criação dessa fazenda, o irmão de Pedro Vaz - Fernão Paes de Barros, também veio a se instalar em São Roque, nos mesmos moldes que seu irmão, fundando uma fazenda e uma capela, contudo em louvor a Santo Antônio.

A capela original a São Roque, bem como as igrejas barrocas que a sucederam no Largo da Matriz foram derrubadas e sucessivamente "modernizadas", assim como todo o entorno paisagístico do Largo da Matriz. Ao que consta, até a década de 1940, o Largo da Matriz era formado por um conjunto arquitetônico barroco, tendo a sua volta casarões.

Antes de ter sido elevado à condição de vila em 1832, o povoado foi declarado freguesia de Santana de Parnaíba, no ano de 1764.Em 1864, é elevado à categoria de município. Entre 1872 e 1875, é inaugurada a Santa Casa de Misericórdia e a estação da Estrada de Ferro Sorocabana. No final do século XIX, tem sua economia impulsionada pela chegada de imigrantes italianos.

Em 8 de abril de 1834, é criado o I Cartório de Protesto de Notas e Títulos. O fórum judicial é criado em 15.04.1873, com a instalação de dois ofícios judiciais. Um ano depois, é criado o 1º Cartório de Registro de Imóveis.

Em 01.01.1889, é instalado o Primeiro Ofício do Registro Civil das Pessoas Naturais. Em 1893, é instalado o 2º Cartório de Protesto de Notas e Títulos.

Ao que consta, essas melhorias foram levadas a cabo em função da influência político do Sr. Antônio Joaquim da Rosa, o Barão de Piratininga, importante personalidade Sanroquense, e ao que consta, amigo pessoal do Imperador D. Pedro II.

O Barão de Piratininga chegou, inclusive, a ser nomeado presidente da província de São Paulo no ano de 1869.

Em 1890, o industrial italiano Enrico Dell'Acqua funda a BRASITAL, uma das primeiras indústrias têxteis do Brasil, a qual funcionou até meados dos anos 1970.

Hoje, faz parte do patrimônio público municipal, abrigando um centro cultural e educativo, bem como a biblioteca municipal.

A primeira tipografia da cidade é criada pelos irmãos Boccato, que passam a editar um semanário chamado "O Democrata". O jornal foi fundado em 1 de maio de 1917.

O primeiro ginásio da cidade, a escola "Horácio Manley Lane" foi fundada em 1947.


Topografia

O município de São Roque localiza-se numa região de morfologia bastante acidentada, atingindo 1200 metros de altitude em alguns locais, e caindo para 600 metros em outros. Pontos destacados de maior altitude podem ser citados, como:

Alto da Serra - Estrada da Aeronáutica: 1.100 metros de altitude;

Morro do Saboó: cerca de 1.000 metros de altitude (visível de áreas de municípios vizinhos);

Morro do Sky Mountain Park: cerca de 1.200 metros de altitude.
 

Clima

O clima de São Roque é o subtropical Cwa, segundo a classificação climática de Köppen,com média no mês mais quente, fevereiro, de 23,1 °C

e média no mês mais frio, julho, de 15,5 e a média de precipitação anual é de 1352mm,

geadas ocorrem em praticamente todos os invernos, em julho de 2000, São Roque registrou uma temperatura de -3 °C, segundo o governo do estado de São Paulo.


Gráfico climático para São Roque



Temperaturas em °C • Precipitações em mm
Fonte: Ciiagro

Hidrografia[editar | editar código-fonte]
Rio Aracaí
Rio Carambeí
Rio Guaçu

Transporte público

A Viação São Roque é a empresa que opera as linhas de ônibus no município.

Todas as rotas municipais saem no terminal urbano localizado aos fundos da Estação Rodoviária, e atendem toda a zona urbana e os bairros rurais, além de Mailasqui, São João Novo e Canguera.

A cidade também conta com vários pontos de táxis localizados na área central e na Estação Rodoviária.

Já o transporte intermunicipal é operado por quatro empresas:

Viação São Roque (para Mairinque, Alumínio e Ibiúna),

Rápido Luxo Campinas Ltda. (para Mairinque, Alumínio e Sorocaba),

Viação Piracicabana (para Itapevi, Araçariguama, Pirapora do Bom Jesus, Vargem Grande Paulista e Cotia).

Todas as linhas operam em um terminal suburbano localizado ao lado da Estação Rodoviária.

A Viação Cometa opera linhas rodoviárias (para São Paulo, Sorocaba, Itapetininga, Santos, São Vicente, Praia Grande e Mongaguá).

Assim, por meio de transporte coletivo, somente é possível chegar à cidade por meio de ônibus, o qual é operado por duas linhas, via Castelo Branco passando por Araçariguama e Via Raposo Tavares passando por Cotia e Vargem Grande Paulista, operada pela Viação Cometa.

O trajeto da rodoviária de São Roque até a rodoviária da Barra Funda é percorrido de uma hora e vinte minutos pela Rodovia Castelo Branco a duas horas pela Rodovia Raposo Tavares, dependendo da fluência do trânsito nas Marginais do Tietê e Pinheiros.

O município é ligado à capital do estado por meio de duas rodovias, a Raposo Tavares SP-270 e a Castelo Branco SP-280.

A primeira também liga São Roque a Sorocaba, o centro econômico regional mais importante da região.

Existe uma ferrovia ligando São Roque a São Paulo e a Sorocaba: trata-se da antiga "linha sorocabana". A ferrovia, contudo, hoje em dia, esta desativada, já que o transporte de passageiros foi extinto no ano de 1999, após a privatização da companhia proprietária da linha férrea, a companhia estadual FEPASA.[15]

Turismo

São Roque abriga a "Casa e a Capela do Sítio Santo Antonio", um bem cultural de relevância nacional, tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico Nacional IPHAN no ano de 1941.

A casa-grande foi edificada no século XVII, no ano de 1681, pelo bandeirante Fernão Paes de Barros.

Trata-se de conjunto arquitetônico de natureza singular, formado por uma casa-grande e uma capela feitas em taipas de pilão, sendo a mais antiga da região.

Um dos primeiros a reconhecer seu valor arquitetônico e histórico foi o escritor modernista Mário de Andrade- cuja família doou o imóvel ao Patrimônio Histórico Nacional após sua morte, conforme desejo do escritor.

Digna de ser visitada é a reserva ecológica conhecida localmente como "Mata da Câmara", um parque municipal no qual se pode admirar a vegetação natural da Mata Atlântica, com suas típicas orquídeas, bromélias, etc.

A área faz parte do chamado "cinturão verde da Mata Atlântica", reconhecido como patrimônio natural da humanidade pela UNESCO.

Além disso, São Roque é conhecida como a Terra do Vinho.

A cidade possui em seu território diversas vinícolas, que produzem os mais variados tipos de vinho.

Anualmente, no mês de outubro, a cidade promove a "Expo São Roque", exposição que reúne produtores de vinhos, uvas e alcachofras, com o objetivo de vender os seus produtos diretamente para o consumidor final.


 

Sorocaba - Tudo sobre Erva Cidreira - Jogos - Goma Xantana - Camomila - Tudo Sobre Camomila - Academias - Manutenção de Ar Condicionado - Receitas - Malto dextrina e Dextrose - Goma Guar - Rasteirinhas

 Tudo sobre Erva Doce - Terraplanagem - Lista de Feiras Livre - foods ingredients - Ursinho de Pelucia - Hino de SorocabaAcido Citrico - Chacaras - BobCat - Lista Casas do Cidadão em Sorocaba

Web Shop  - Alimentar - goma xantana - Insumos para alimentos - Chacaras em Sorocaba - Corante Caramelo - Imobiliarias - Mercadao das Ervas - Porque Anunciar no Site - WebShop - Moveis - Ei-Oi

Goma Xantana - Tudao Alimentos  - O Que e Seo - Virtual Br. - Chat - Chas e Ervas - Insumos Para Alimentos - Culinaria - Conservantes - Erva cidreira - Arte dos Alimentos - AGITY - Erva Doce - S-E-O

Copyright 2006 a 2017 Sorocaba Virtual Desenvolvido por PaxMa 3D      Conter